Seja criativo já!

 Jackson Pollock, Anomalia Vívida

Jackson Pollock, Anomalia Vívida

Muitos dizem que a mente criativa começa a se desenvolver na infância, mas como adultos, embora seja mais difícil, não é impossível estimular seu cérebro a ter ideias diferentes. Veja a seguir algumas técnicas que você pode começar a aplicar já para ser mais criativo:

1) Quebre a rotina! Nosso dia é cercado de rotinas, o mesmo ritual todos os dias para se levantar, se arrumar para o trabalho, tomar café da manhã, enfrentar o trânsito, etc. A rotina deixa o cérebro em estado de letargia, não precisa pensar, pois liga o automático. Para ser criativo, é preciso um cérebro ativo. Quebre a rotina com qualquer coisa, um caminho diferente, uma comida diferente, um programa diferente, para tirar seu cérebro do caminho da letargia.

2) Seja do contra! Se todo mundo fala que o transito está ruim, procure defender porque está melhor. Se todos dizem que os governantes são corruptos, defenda os políticos honestos (se houver!). Se a maioria acredita que o Brasil não chega até a final da Copa, levante argumentos que provem o contrário. Ser do contra com relação à maioria é desenvolver um outro ponto de vista. Acostume-se a pensar desta forma e logo você começará a ter ideias que os outros não tem.

3) Faça coisas inusitadas! Mais do que quebrar a rotina, de vez em quando, faça uma pequena loucura, como jantar pão e café com leite, sair para uma caminhada às duas da manhã, pagar uma conta de menos de 10 reais com um cheque, ler um livro de trás pra frente, vestir uma camisa ao contrário. Muito das ideias inovadoras saem de conexões aparentemente sem lógica, muitas vezes, aparentando loucuras.

4) Surpreenda-se! Uma vez por semana, faça algo sem planejamento nenhum, tipo acordar de manhã e ir a um museu, ou caminhar na praça, ou pegar o carro e dirigir por uma estrada aleatória até chegar a um lugar desconhecido. Explore o desconhecido e o prazer das descobertas. As melhores ideias surgem de onde menos se espera, só precisamos treinar o cérebro para detectar algo importante onde não se procurava.

5) Dê asas à imaginação! A imaginação é a matéria prima da criatividade. Sempre que puder e estiver à toa, veja o ambiente à sua volta e imagine um cenário totalmente diferente, imagine que está em meio a um cenário na idade média, ou em um planeta distante, no fundo do oceano, crie personagens, construa uma história, coloque a si mesmo nesta história, transforme uma cadeira em um cavalo, uma mesa em um veículo espacial, o tapete é um perigoso mar de lava, e assim por diante. Deixe sua mente vagar e se perder por mundos imaginários.

Por Marcos Hashimoto

Co-fundador da Polifonia e Professor de Empreendedorismo na Universidade de Indianapolis - EUA, consultor de negócios e especialista em inovação corporativa.

Polifonia